Canal do Youtube (51) 9 9956-0042

Palestra: Reprogramação Quântica da Saúde por meio do Ambiente Básico

Para falar sobre o tema “Reprogramação Quântica da Saúde por meio do ambiente básico”, o geobiólogo e consultor ambiental, Isnar Amaral, dará uma palestra no dia 28 de novembro (segunda-feira), a partir das 19h, no Instituto Avançar (Rua General Auto, 349), em Porto Alegre.

Esta palestra visa a esclarecer e alertar, em linguagem acessível, as inúmeras formas de interferência entre a pessoa e o seu ambiente. Mostra de maneira prática a relação entre as doenças e distúrbios com os fatores ambientais e oferece dicas de como se precaver das armadilhas do seu ambiente.

De acordo com o especialista, o participante entenderá como tudo está correlacionado, como funciona a reprogramação da saúde e os reais benefícios para a sua preservação.

Ele explicou que as radiações e as energias sutis são imperceptíveis aos seres humanos, porém estão em todos os lugares. Segundo ele, a permanência por um tempo prolongado em um local com esses fatores pode provocar doenças e distúrbios, a exemplo de tumores, nódulos, câncer, insônia, depressão, alterações de humor, anemia, infecções em geral, cansaço excessivo, artrite, artrose, envelhecimento precoce entre outros.

“A casa serve para proteger e não para adoecer seus ocupantes”, enfatizou o geobiólogo. Destacou que, por prevenção, normalmente é contratado um plano de saúde, um seguro etc. Por segurança é construído um muro, uma grade, um portão etc. Contudo, alertou, nada disto é eficaz para radiações e energias sutis. Exemplificou que sob a cama pode haver uma emissão de radiações nocivas e advertiu que um “terrível” inimigo invisível pode causar um “pequeno” mal diariamente durante o sono. “Contudo, ao longo de alguns anos, este pode vir a se tornar um grande mal, com consequências muitas vezes irreparáveis”, observou. Todavia, salientou que, na prática, as pessoas costumam cuida melhor do carro do que do próprio corpo e, consequentemente, da saúde.

Na sua avaliação, mesmo sendo a saúde pessoal um problema particular, existem soluções coadjuvantes para a sua preservação, como a reprogramação. “Basta entender que a pessoa está inserida em um sistema onde existe uma correlação entre tudo e todos. Tudo é cientificamente explicado pela biofísica e as ciências ambientais”, ressaltou, acrescentando que, por fazer parte da energia sistêmica do ambiente, a pessoa sofre permanentemente a interferência do meio.

Lembrou que Sartre, Marx e pensadores mais antigos da Grécia já defendiam a ideia de que o homem é o produto do meio em que ele vive. Hoje, disse, está comprovado que o meio interfere na saúde física, mental, emocional e organizacional.

“A saúde é o patrimônio mais valioso que existe. Sabedoria é prevenir”, concluiu.

Ingresso: dois quilos de alimentos não perecíveis que serão doados à entidade filantrópica.

Terezinha Tarcitano

Assessora de Imprensa

(51) 9929-4575