Canal do Youtube (51) 9 9956-0042

Não acredito nisto

Algumas vezes ouço a expressão “não acredito nisto” quando afirmo, em palestras, que tudo é energia. Ora, como se fosse necessário acreditar em algo tão óbvio quanto a existência de tudo. Absolutamente tudo o que vemos, e até muitos fenômenos que não vemos, são constituídos por energia.

Sem entrar em detalhes científicos e, ao mesmo tempo, fundamentando esta questão, basta entendermos que tudo é formado por átomos.

O que me deixa perplexo é saber que a maioria dos empresários faz parte do grupo do “não acredito nisto”. Considerando que uma empresa é constituída por energia financeira e energia humana, é possível deduzir o quão racional é a administração destes negócios.

Uma gestão racional se baseia em fatores conhecidos, dados, números e elementos visíveis e palpáveis. A partir disto, são projetados resultados futuros em um planejamento estratégico.

Considerando que em torno de 10% dos fenômenos nós não temos domínio algum (o tempo, a vida, entre outros) e 90% são escolhas que fazemos, fica claro que o andamento de tudo sofre a influência de fatores irracionais. A cada momento são tomadas decisões que determinarão um resultado futuro. Mesmo de posse de um mapa do caminho (planejamento estratégico), no decorrer do percurso surgem inúmeras variáveis e incertezas. Muitas destas circunstâncias inesperadas se originam a partir das pessoas envolvidas nos processos.

Na administração de um negócio lida-se basicamente com dois tipos de energia: as estáticas, atreladas a energia financeira, capital, bens, e outros, que possuem valores determinados; e as dinâmicas, relacionadas às pessoas, como os colaboradores, os clientes, os fornecedores, o poder público, os investidores, a comunidade em geral, enfim, todos os interessados no negócio.

O “não acredito nisto”, em relação à energia do negócio, continuará existindo, às vezes prejudicando a obtenção de melhores resultados, além de mudanças de rumo de muitas situações. A administração dos fatores invisíveis ainda não é considerada como essencial para o pleno desempenho empresarial.

Enfim, não acreditar em algo não significa que não existe. Por outro lado, inúmeros administradores já controlam os fatores invisíveis das suas empresas, com eficácia, por meio da Sincronia Sistêmica, auferindo excelentes resultados.

 

Isnar Amaral

Consultor em energia do ambiente – CRQ 05203390

Especialista em qualidade da energia do ambiente

Mentor em energia do negócio

www.isnaramaral.com.br

www.ambientebasico.com.br