Eventos

Palestra em Cachoeira do Sul

A palestra “Administrando a alma do negócio por meio da energia do ambiente” foi ministrada pelo gestor ambiental, Isnar Amaral, no dia 25 de outubro, na CACISC Cachoeira do Sul – Câmara do Agronegócio, Comércio e Indústria e Serviço, onde foi prestigiado por diversos empreendedores de vários segmentos.

O objetivo do especialista foi desmistificar o termo energia do ambiente, embasando-o na biociência e na legislação ambiental, além de fundamentar a sua real interferência na vida das pessoas.

“A energia do ambiente molda as pessoas, interfere nas atividades empresariais e agropecuárias e, por isso, deve ser programada com o padrão desejado, a fim de alcançar os resultados esperados”, explicou.

Isnar Amaral adverte que em algumas atividades se instala, às vezes, a síndrome do “sapo enterrado”, quando acontece uma sucessão de problemas que atraem mais problemas, dando a sensação de que algo está conspirando contra o seu desenvolvimento.

Na avaliação do gestor, os métodos de administração tradicionais têm ignorado o que poderia ser chamado de “atrito com o meio”, ou seja, a interferência do ambiente nas atividades profissionais. “Este meio contém o padrão de energia do negócio, a mensagem informacional da sua missão, objetivos e propósito e, portanto, constitui a alma do negócio”, acentuou.

Para concluir, lembrou que em um ambiente de trabalho desequilibrado, o somatório dos resultados laborais parciais nunca alcançará o resultado esperado, ou seja, 2+2=3 (ocorrem perdas). No entanto, disse, o esperado é que 2+2=5 (ocorrem ganhos), “e isto só é possível a partir da sinergia, que é o momento em que o todo é maior do que a soma das partes”.

Terezinha Tarcitano

Assessora de Imprensa

Uniquanti realiza palestra Contaminação Eletromagnética dos Ambientes

A casa Uniquanti recebeu em suas dependências o gestor ambiental, Isnar Amaral, no dia 16/10, para falar sobre o tema “Contaminação Eletromagnética dos Ambientes”. Por duas horas, o especialista fez uma ampla abordagem da real existência das radiações e seus efeitos na saúde das pessoas e nas suas atividades profissionais e empresariais. Segundo ele, doenças e distúrbios como o câncer, Alzheimer, depressão, cansaço excessivo, problemas cardíacos, dificuldades ao dormir, esclerose múltipla, entre outras, podem estar associadas ao ambiente residencial em desequilíbrio.

No entendimento de Isnar Amaral, a questão energética do ambiente está associada ao meio empresarial e profissional, que podem estar com contaminação eletromagnética. Seguindo nesta linha, forneceu dicas de como evitar, neutralizar ou minimizar os efeitos nocivos das radiações eletromagnéticas sobre a saúde das pessoas e como controlar a energia do ambiente de trabalho em prol do pleno desenvolvimento do negócio.

A Uniquanti está localizada na Ria Siqueira Campos, 940, no Centro Histórico de Porto Alegre.

Terezinha Tarcitano

Assessora de Imprensa

 

 

 

 

Palestra Santa Maria- Como criar um ambiente com energia favorável?

O gestor ambiental Isnar Amaral proferiu palestra sobre o tema “Como criar um ambiente com energia favorável?”, no dia 27 de setembro, das 19h às 22h30, no Centro de eventos da UFSM (Universidade Federal de Santa Maria) – EQUSM, Escola de Equitação.

De acordo com o especialista, a energia irradiada pelos sentimentos, emoções e intenções das pessoas interfere no “meio”. Se esta for “positiva”, disse, assim ficará o ambiente, mas o oposto também é verdadeiro. “O nível médio de energia do ambiente é o somatório das energias individuais, que pode resultar em um ambiente favorável ou desfavorável, podendo oscilar aleatoriamente. Esta condição forma o ambiente de altos e baixos, principalmente nas atividades profissionais e empresariais”, frisou.

Ele esclareceu que as pessoas entram em ressonância com o “meio” onde permanecem por mais tempo, na residência e no local de trabalho, pois o ambiente contagia. “O estresse decorrente das atividades e dos relacionamentos profissionais contribui de forma negativa para a harmonia e bem-estar”, explicou, ressaltando que os resultados do negócio dependem da motivação, do comprometimento e da produtividade da equipe.

Para criar e manter um ambiente com vibrações favoráveis, com constância e nos padrões desejados, informou a necessidade da utilização de algo desprovido de sentimentos e emoções. Trata-se da Reprogramação Quântica do Ambiente Básico, criada a partir de estudos, pesquisas e experimentos. “Este sistema promove a criação de um padrão de energia dos propósitos que, a exemplo de um imã, atrai do universo as energias ressonantes, intensificando as oportunidades e possibilidades”, explanou.

Isnar Amaral destacou, ainda, que o resultado da aplicação desta técnica é a conquista de objetivos a nível pessoal, profissional e empresarial de forma natural, com mais facilidade, em menor tempo, com a percepção de que as coincidências aumentam.

Explicou e embasou o funcionamento desta técnica, sua aplicação nas empresas e atividades profissionais e sua simplicidade operacional. Ilustrou com diversos cases reais e alguns até inacreditáveis, auferidos por empresas e profissionais dos mais diversos setores, sendo a grande maioria de cidades próximas.

Mais informações no telefone 51- 99956-0042

Terezinha Tarcitano

Assessora de Imprensa

                  

Fotos: Divulgação

Palestra- Mudanças Quânticas que geram o ambiente de sucesso – Ivoti

Feira Holística Cultura e Saúde

“Mudanças Quânticas que geram o ambiente de sucesso” foi o tema escolhido pelo consultor ambiental Isnar Amaral para a palestra que proferiu durante a Feira Holística Cultura e Saúde, no dia 21 de julho, das 16h às 18h. O evento aconteceu na Sociedade de Canto Harmonia, em Ivoti (RS), que está localizado na Av. Presidente Lucena, 1833, Bairro Harmonia

De acordo com o especialista, a energia irradiada pelos sentimentos, emoções e intenções das pessoas interfere no “meio”. Se esta for “positiva”, disse, assim ficará o ambiente, mas o oposto também é verdadeiro. “O nível médio de energia do ambiente é o somatório das energias individuais, que pode resultar em um ambiente favorável ou desfavorável, podendo oscilar aleatoriamente. Esta condição forma o ambiente de altos e baixos, principalmente nas atividades profissionais e empresariais”, frisou.

Ele esclareceu que as pessoas entram em ressonância com o “meio” onde permanecem por mais tempo, na residência e no local de trabalho, pois o ambiente contagia. “O estresse decorrente das atividades e dos relacionamentos profissionais contribui de forma negativa para a harmonia e bem-estar”, explicou, ressaltando que os resultados do negócio dependem da motivação, do comprometimento e da produtividade da equipe.

Para criar e manter um ambiente com vibrações favoráveis, com constância e nos padrões desejados, informou a necessidade da utilização de algo desprovido de sentimentos e emoções. Trata-se da Reprogramação Quântica do Ambiente Básico, criada a partir de estudos, pesquisas e experimentos. “Este sistema promove a criação de um padrão de energia dos propósitos que, a exemplo de um imã, atrai do universo as energias ressonantes, intensificando as oportunidades e possibilidades”, explanou.

Isnar Amaral destacou, ainda, que o resultado da aplicação desta técnica é a conquista de objetivos a nível pessoal, profissional e empresarial de forma natural, com mais facilidade, em menor tempo, com a percepção de que as coincidências aumentam.

Na palestra explicou e embasou o funcionamento desta técnica, sua aplicação nas empresas e atividades profissionais e sua simplicidade operacional. Ilustrou, na oportunidade, com diversos cases reais e alguns até inacreditáveis, auferidos por empresas e profissionais dos mais diversos setores, sendo a grande maioria de cidades próximas.

Terezinha Tarcitano

Assessora de Imprensa

          

Café empresarial na ACI de Santa Cruz

“Como a mudança quântica do ambiente pode gerar bem-estar e sucesso nos negócios” foi o tema escolhido pelo consultor ambiental Isnar Amaral para a palestra que proferiu, na ACI de Santa Cruz do Sul (RS), por meio de um café empresarial, no dia 12 de junho.

De acordo com o especialista, a energia irradiada pelos sentimentos, emoções e intenções das pessoas interfere no “meio”. Se esta for “positiva”, disse, assim ficará o ambiente, mas o oposto também é verdadeiro. “O nível médio de energia do ambiente é o somatório das energias individuais, que pode resultar em um ambiente favorável ou desfavorável, podendo oscilar aleatoriamente. Esta condição forma o ambiente de altos e baixos, principalmente nas atividades profissionais e empresariais”, frisou.

Ele esclareceu que as pessoas entram em ressonância com o “meio” onde permanecem por mais tempo, na residência e no local de trabalho, pois o ambiente contagia. “O estresse decorrente das atividades e dos relacionamentos profissionais contribui de forma negativa para a harmonia e bem-estar”, explicou, ressaltando que os resultados do negócio dependem da motivação, do comprometimento e da produtividade da equipe.

Para criar e manter um ambiente com vibrações favoráveis, com constância e nos padrões desejados, informou a necessidade da utilização de algo desprovido de sentimentos e emoções. Trata-se da Reprogramação Quântica do Ambiente Básico, criada a partir de estudos, pesquisas e experimentos. “Este sistema promove a criação de um padrão de energia dos propósitos que, a exemplo de um imã, atrai do universo as energias ressonantes, intensificando as oportunidades e possibilidades”, explanou.

Isnar Amaral destacou, ainda, que o resultado da aplicação desta técnica é a conquista de objetivos a nível pessoal, profissional e empresarial de forma natural, com mais facilidade, em menor tempo, com a percepção de que as coincidências aumentam.

Na palestra explicou e embasou o funcionamento desta técnica, sua aplicação nas empresas e atividades profissionais e sua simplicidade operacional. Ilustrou com diversos cases reais e alguns até inacreditáveis, auferidos por empresas e profissionais dos mais diversos setores, sendo a grande maioria de cidades próximas.

Terezinha Tarcitano

Assessora de Imprensa

                                        

Fotos: ACI Santa Cruz do Sul